quinta-feira, 18 de junho de 2009

Desabafo






Tudo que está publicado neste blog reflete o imenso respeito e a grande admiração que tenho por meus colegas do MA, especialmente os do interior, que vieram me prestigiar esta semana aqui em São Luís e, como nós de Brasília, foram mal recebidos, com uma estrutura indigna e desumana, demonstrando a falta de preocupação das autoridades com a educação neste estado. Encontramos aqui, e em muitas outras cidades pelo interior do Brasil afora, situações sinônimas do desserviço que muitos governantes prestam à população. O programa ainda não está seriamente comprometido pela interferência de questões políticas porque os colegas professores são muito bons profissionais e privilegiam o aprendizado dos seus alunos. É inadmissível que ainda haja hostilidade entre a administração do estado e a do município. E mais inadmissível ainda é que essa postura interfira e prejudique um programa do Governo Federal. Um bom programa. Que exemplo é esse de discriminação? TODOS PAGAMOS IMPOSTOS DA MESMA FORMA E NOSSO DINHEIRO, DISTRIBUÍDO AOS ESTADOS E REPASSADO AOS MUNICÍPIOS, DEVE SER CAPITALIZADO DE FORMA JUSTA E COERENTE. Essas querelas têm de acabar! MAIS RESPEITO AOS PROFESSORES, independentemente de serem do estado ou do município! Nesta semana, fizemos milagres.

Um comentário:

José Antonio Sousa Silveira disse...

Sinto muito pela má impressão que você levou daqui. Infelizmente, esta é nossa realidade. Acredito que não seja diferente da realidade de muitos estados e municípios pelo Brasil afora. Claro que isto não implica dizer que temos que nos calar diante de tais realidades e aceitá-las passivamente. Acredito também que este é o caminho para mudarmos este quadro que não é nada animador: mostrar a realidade nua e crua, gritar para que todos possam ouvir, inclusive os nossos governantes, escolhidos por nós para administrar o dinheiro público, nosso dinheiro.